Confinar ou controlar?

“Controlar a pandemia, proteger as pessoas”. Este é o slogan do aprovado confinamento adotado pelo governo português no passado dia 15 de janeiro. Como seria de esperar, o conjunto de medidas de saneamento fruem de um caráter inconsistente, autoritário e puramente descabido. Após uma quadra festiva com menos restrições, juntamente à intensa onda de frio... Continue Reading →

A impunidade de Costa

“Os portugueses não suportam mais promessas que não possam ser cumpridas”.- António Costa, 2015. A meu ver, uma frase tão irónica como esta merece um maior destaque. A afirmação anterior veio do mesmo político que, já em funções, prometeu: reduzir a dívida pública para menos de 100%, um forte combate às desigualdades, um aumento global... Continue Reading →

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑